0


As exportações do agronegócio mineiro totalizaram US$ 6 bilhões no período de janeiro a setembro deste ano, com crescimento de 11% em relação ao mesmo período do ano passado. O segmento contribuiu com 31% do total da pauta mineira de exportações no período. Os dados foram analisados pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) com base nas informações do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).



Além do valor, também houve crescimento no volume exportado de aproximadamente 2%, alcançando 7,3 milhões de toneladas. Segundo o Superintende de Abastecimento e Economia Agrícola da secretaria de Agricultura, João Ricardo Albanez, o comportamento que se evidenciou, no acumulado do ano, foi de aquecimento dos preços pagos nas principais commodities, com o valor médio de US$ 819,17 por tonelada.

 

O café, principal produto da pauta de exportações do agronegócio, representou 41,3% do valor total exportado pelo segmento no período de janeiro a setembro. O valor alcançado com a comercialização foi de US$ 2,5 bilhões, indicando aumento de 5,1% em relação ao registrado no mesmo período do ano passado. Até o momento, já foram exportadas 14,5 milhões de sacas, que correspondem a quase 60% da safra mineira.



O complexo soja (grãos, farelo e óleo) foi o segundo produto da pauta de exportações do agro mineiro, no período, respondendo por 16,5% do total, alcançando US$ 986 milhões e volume de 2,5 milhões de toneladas. A soja em grão é exportada para 15 destinos, liderados pela China que importa sozinha aproximadamente 89% da soja mineira. “Na comparação com os meses de janeiro a setembro do ano anterior, as vendas para o mercado chinês até o momento cresceram 18,2%. O montante de US$ 1,1 bilhão já é praticamente  o mesmo do que foi vendido para o país asiático em todo ano de 2016”, ressalta o superintendente da Seapa.

 

O terceiro colocado, produtos do complexo sucroalcooleiro, respondeu por 16,4% do valor total exportado, alcançando US$ 981 milhões, com crescimento de 18% no valor comercializado. Em relação às carnes, quarto colocado, o faturamento registrado foi US$ 730 milhões, representando 12,2% do valor exportado e crescimento de 23,6% em relação ao período anterior. Carne bovina e frango são os principais itens deste segmento, respondendo, respectivamente, por 59% e 32% do valor comercializado. O volume comercializado por todo o segmento foi de aproximadamente 280mil toneladas. 



Nestes nove meses do ano, Minas Gerais exportou produtos do agronegócio para 164 parceiros comerciais. Os principais países importadores, no período de janeiro a setembro, foram China (19%), Estados Unidos (10%), Alemanha (8,3%), Itália (5,9%) e Japão (5%). Os cinco países representaram juntos 48% do total exportado.




Fonte: Agrolink com informações de assessoria
PATROCINADORES
Representações Francesquet
Colégio Teutônia
Wizard
Metalúrgica Wagner
Samaq Comercial de Máquinas
Futura Imóveis
Wizard Teutônia
Fritz Ordenhadeiras
Alles Gut
Digiserv
Portal Atividade Rural 2018
contato@atividaderural.com.br | Fone: (51) 9135-4200