0


Na União Europeia (UE), a captação de leite continua aumentando, especialmente na Polônia, Irlanda e Itália, diante da recuperação dos preços pagos aos produtores. Já na Holanda, ocorre o contrário. Em julho houve queda nas entregas de leite em relação aos níveis do ano passado, ainda que possa se recuperar.



Na França, nas últimas semanas, o volume se aproxima dos de 2016, depois de forte queda no verão, em conseqüência de uma seca intensa. A demanda mundial de produtos lácteos segue bastante dinâmica. Nos primeiros sete meses do ano, as exportações europeias de leite em pó aumentaram quase 40% e as de queijo em 8%.



Já as exportações de manteiga (devido à pouca oferta) e as de soro de leite estão diminuindo. Em relação aos preços, os da manteiga alcançam níveis históricos (+88% em comparação com 2016 na UE, 6.800 €/tonelada, e 82% de aumento na Oceania), enquanto o preço do leite em pó desnatado mantém a tendência de baixa desde a primavera.



Na França, o aumento acumulado dos preços desde o início do ano foi de 80% para a manteiga industrializada a granel, quase 40% o reajuste do leite em pó integral, e de 10% a valorização do leite em pó desnatado. A cotação do leite em pó desnatado, nas últimas semanas, ficou abaixo dos preços de intervenção. O mercado está divergente, e acentua a grande distância entre a manteiga e a proteína.  




Fonte: Portal Lácteo
PATROCINADORES
Wizard
Representações Francesquet
Samaq Comercial de Máquinas
Metalúrgica Wagner
Anuncie Aqui
Futura Imóveis
Alles Gut
Wizard Teutônia
Digiserv
Fritz Ordenhadeiras
Portal Atividade Rural 2018
contato@atividaderural.com.br | Fone: (51) 9135-4200