0


Uma comitiva com aproximadamente 20 pessoas do Estado do Pará (PA) visitou, na última semana, as instalações do Frigorífico Aurora Chapecó I (Fach I). Foram recebidos pelo vice-presidente da Cooperativa Central Aurora Alimentos Neivor Canton, o gerente do Fach I Antônio Wanzuit e a gerente de comunicação social Isabel Cristina Machado. A estrutura e o histórico da Aurora Alimentos foram apresentadas e, na sequência, a comitiva conheceu o processo de produção de suínos na agroindústria.

        

"Nosso objetivo foi conhecer o modelo cooperativista aplicado pela Aurora Alimentos e levar como exemplo positivo as inovações e tecnologias aplicadas aqui e que deram certo. Esse case de sucesso, com certeza, servirá de combustível para que possamos melhorar o cooperativismo em nosso Estado e fortalecer nossas relações criando, futuramente, uma central de cooperativas agrícolas do Pará", explicou o presidente da Organização das Cooperativas do Brasil no Pará (OCB/PA), Ernandes Raiol da Silva.



Para o vice-presidente da Aurora Alimentos, essa troca de experiências é valorosa. "Nós acreditamos no cooperativismo. Investimos diariamente nessa cultura que tem gerado excelentes resultados beneficiando toda a cadeia produtiva. Servir como exemplo para outras cooperativas é motivo de orgulho e satisfação. A intenção é disseminar cada vez mais esse espírito de cooperação e fazer a nossa parte na construção de um Brasil melhor".



O prefeito de Paragominas, uma das cidades representadas na comitiva, Paulo Tocantins, falou sobre a satisfação em conhecer a importante atuação da Aurora em todos os municípios em que se encontra representada. "Ficamos impressionados com as instalações da Aurora e, mais do que isso, com o modelo de cooperativismo que é empregado. No Pará estamos iniciando esse processo de inserir na cultura do Estado o espírito de cooperação e ver o sucesso da Aurora nos motiva".



Segundo ele, é fundamental ter como base exemplos de sucesso como o da Aurora. "Tivemos uma aula de cooperativismo. Essa troca de experiência é enriquecedora. Levaremos para o Pará os bons resultados com o intuito de implementar o que deu certo aqui. O cooperativismo é o futuro e nós apostarmos nisso", complementou.



O secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme) Adnan Demachki, destacou que o Pará tem como base econômica o extrativismo, principalmente de minério e madeira, mas está crescendo na agropecuária com base em um planejamento, o "Pará 2030", que prepara o Estado para os próximos 15 anos. "Estamos aprimorando nosso modelo de produção com uma agropecuária verticalizada. A intenção é ser além de produtor de matérias-primas, se tornar exportador de produtos industrializados".

        

De acordo com Demachki, a experiência exitosa da Aurora Alimentos com o cooperativismo é o modelo que o Pará pretende seguir. "A cooperação promove grandes transformações", disse. A comitiva também aproveitou a oportunidade para convidar a Coopercentral a se instalar, também, na região norte ampliando, ainda mais, a sua abrangência. "Os produtos da Aurora já são consumidos no norte do País, mas acreditamos que temos capacidade para industrializar em nossa terra produtos com a marca e, assim, reduzir em grande escala os investimentos em logística e custo de produção", avaliou o secretário.



O presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Paragominas e proprietário do primeiro frigorífico do município, Murilo Villela Zancaner, esteve em Chapecó há sete anos, quando conheceu o modelo de produção da Aurora Alimentos. Foi a partir dessa exitosa experiência que resolveu abrir o frigorífico Forte Frigo, em Paragominas.



"Temos áreas de expansão agrícola com crescimento de 15% a 20% ao ano e potencial para quadriplicar isso. Compreendemos que é mais vantajoso verticalizar a produção do que simplesmente vender os grãos. Atualmente abatemos uma média de 600 cabeças de gado/dia. Cerca de 20% dessa produção é para exportação para países como Egito, Hong Kong e África, e o restante é para consumo interno. A intenção é ampliar essa exportação para 40%. Fizemos o convite para que a Aurora Alimentos implante uma unidade no norte e possamos estabelecer uma relação de parceria levando a marca cada vez mais longe", finalizou.




Fonte: Aurora Alimentos
PATROCINADORES
Metalúrgica Wagner
Wizard
Samaq Comercial de Máquinas
Colégio Teutônia
Representações Francesquet
Fritz Ordenhadeiras
Digiserv
Alles Gut
Futura Imóveis
Wizard Teutônia
Portal Atividade Rural 2018
contato@atividaderural.com.br | Fone: (51) 9135-4200