0


As cotações da soja tiveram na terça-feira (21.11) mais um dia de leves baixas de preços no mercado físico brasileiro, acompanhando a tendência verificada na Bolsa de Chicago (CBOT). Por exemplo, no interior do País, a saca de soja (60 quilos) foi vendida a R$ 53,04 em Sorriso (Mato Grosso). A cotação significou uma baixa de 0,46% sobre os R$ 54,09 oferecidos na última avaliação.



Já no Porto de Paranaguá (Paraná), a saca de 60 quilos da oleaginosa disponível foi comercializada por R$ 74,00, o que manteve a cotação anterior. Todos os preços são FOB (Free On Board – contrato de exportação com custos de transporte interno incluso até o carregamento do navio).



FUNDAMENTOS



“Os níveis de umidade do solo na Argentina têm chegado próximo à expansão do stress hídrico prejudicial ao desenvolvimento da cultura plantada. A ARC estima que pouco mais de 30% da soja já foi semeada na argentina, até o momento. O ritmo é similar ao desenvolvimento do plantio em 2016, no entanto, as previsões climáticas para os próximos dias já começa a preocupar e desacelerar o progresso dos implementos semeadores”, afirma a Consultoria AgResource.



Os mapas climáticos da agência meteorológica independente ECMWF apontam que, com a falta de chuvas generalizadas desde a primeira semana de novembro, os produtores argentinos têm esperado índices pluviométricos acima dos 30mm, os quais não se confirmam nas previsões climáticas: “Até ontem, melhores chances de chuvas foram criadas para o centro do país, no começo de dezembro. No entanto, nas atualizações de hoje, tais precipitações se retraíram, diminuindo os índices pluviométricos previstos”.




Fonte: Agrolink
PATROCINADORES
Anuncie Aqui
Metalúrgica Wagner
Wizard
Samaq Comercial de Máquinas
Representações Francesquet
Wizard Teutônia
Fritz Ordenhadeiras
Digiserv
Futura Imóveis
Alles Gut
Portal Atividade Rural 2018
contato@atividaderural.com.br | Fone: (51) 9135-4200