0


Gerar energia a qualquer custo há muito tempo já não faz mais sentido. Nesse contexto, fontes alternativas como éolica, solar e termelétricas têm ganhado espaço no cenário de produção de energia no Brasil.



Dentre os projetos em construção para geração de energia no país, que adicionarão no futuro mais 11.642.682kW de potência, há uma clara busca por diversificação da matriz brasileira.



Em uma análise histórica, a geração total por hidrelétricas vem caindo gradualmente desde o começo da década, com expressivas quedas em 2014 e 2015 relacionadas com alterações no regime hídrico, que diminuíram drasticamente o nível de diversos reservatórios.



Para suplantar os problemas climáticos, a geração por termelétricas cresceu no período, atingindo 26% da energia elétrica disponível no Brasil em 2016.



A queima de biomassa em termelétricas no Brasil é atualmente responsável pela geração de pouco mais de 9% da eletricidade consumida no país.



Esse e outros dados fazem parte do estudo O POTENCIAL BRASILEIRO NA PRODUÇÃO DE ENERGIA A PARTIR DE BIOMASSA.



O material também apresenta um modelo de estudo de pré-viabilidade para produção de energia com biomassa de eucalipto com taxa anual de retorno de 23%, além de uma análise do cenário atual de geração de energia no Brasil.




Fonte: Painel Florestal
PATROCINADORES
Representações Francesquet
Samaq Comercial de Máquinas
Metalúrgica Wagner
Wizard
Anuncie Aqui
Digiserv
Futura Imóveis
Fritz Ordenhadeiras
Alles Gut
Wizard Teutônia
Portal Atividade Rural 2018
contato@atividaderural.com.br | Fone: (51) 9135-4200