0


Terminou, nesta quarta-feira (29), o encontro de todas as Delegacias Federais do Desenvolvimento Agrário da região Norte. O evento teve início na última segunda-feira (27), em Manaus, e contou com as presenças dos representantes da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) da região, dois técnicos da Subsecretaria de Agricultura Familiar (SAF) e outro da Coordenação Nacional das Delegacias Federais (Condef).



Uma das pautas levantadas no encontro foi a exposição do diagnóstico dos entraves da pecuária de corte e de leite na região, além da realização de um levantamento das áreas degradadas no estado do Acre, do Amapá, do Amazonas, do Pará, de Rondônia, de Roraima e de Tocantins. De acordo com o representante da Sead no Pará, o delegado Andrei Castro, o intuito é atualizar as demandas do Norte. “O encontro foi muito positivo, apontamos algumas reivindicações e pedimos ações mais específicas para esses estados.”



O diretor de departamento de Assistência Técnica e Extensão Rural da Subsecretaria de Agricultura Familiar (SAF), Rodrigo Venturin, explica como está sendo a construção de um plano de ação de identificação das demandas ligadas a agricultura familiar regional. “Primeiro fizemos um levantamento das informações da própria secretaria e de entidades ligadas a agricultura familiar regional. Agora estamos reunindo as delegacias da região para que com o conhecimento das realidades locais sejam niveladas, em parceria com os delegados, as ações de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) atuais e programadas para seus estados, além das ações ligados a Sead.” 



Venturin acrescenta que “diante da apresentação realizada pelos técnicos da Sead e da exposição das necessidades de cada estado apontados pelos delegados, queremos construir em conjunto, as demandas para suprir as necessidades específicas de cada região e a decisão de iniciarmos pelo Norte foi devido a uma demanda dos delegados que estão empenhados em potencializar as ações da pasta”.



O representante da Sead no estado do Amazonas, Silas Ayrton, destacou a importância do encontro. “É imprescindível mostrar a realidade de cada estado no segmento da produção da carne e leite, promover políticas públicas de Ater para qualificar a produção, bem como conscientizar quanto a degradação das áreas afetadas. Além disso, ficou definido com os representantes que a região Norte será contemplada com cursos de formação de Ater e também com chamadas públicas do segmento.” 




Fonte: Portal do Ministério do Desenvolvimento Agrário
PATROCINADORES
Anuncie Aqui
Metalúrgica Wagner
Colégio Teutônia
Wizard
Samaq Comercial de Máquinas
Fritz Ordenhadeiras
Wizard Teutônia
Digiserv
Alles Gut
Futura Imóveis
Portal Atividade Rural 2017
contato@atividaderural.com.br | Fone: (51) 9135-4200