0


Três quartos de século é uma marca respeitável, ainda mais quando se trata de uma entidade tão tradicional e reconhecida como Instituto de Economia Agrícola (IEA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. Primeira instituição a sistematizar os estudos sobre economia agrícola no Brasil, nestes 75 anos, o IEA tem produzido análises e estatísticas aplicadas ao setor que contribuíram para a elaboração de ferramentas e políticas públicas focadas no desenvolvimento econômico e social.



Com um especializado corpo técnico composto por profissionais de diversas áreas que coletam e analisam diariamente os dados do setor. Com um portfólio composto por levantamentos de preços nos três níveis de consumo, previsão de safra, valor da produção agropecuária, quadrissemana, balança comercial, mão de obra agrícola e análise de conjuntura das principais cadeias produtivas, o órgão passou a oferecer o WebService, serviço voltado a empresas e consultorias que garante agilidade e precisão na busca de informações para balizar a tomada de decisões estratégicas.



São destaques do IEA, em 2017, a parceria com a Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz) e a Bolsa Brasil Balcão (B3), que permitirá ao Instituto oferecer, a partir de 2018, o Índice de Preços Diários do Boi Gordo, indicador que trará maior qualidade e transparência aos negócios realizados na pecuária; e, ainda em colaboração com a Sefaz, a nova metodologia de levantamento de preços de Terras do Estado de São Paulo, que permitirá a correção de injustiça tributária cometida junto aos contribuintes paulistas e ainda servirá de parâmetro para cobrança justa de ITR por parte das prefeituras municipais.



Outra parceria importante firmada com a Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade), que possibilitará ao IEA desenvolver metodologia de cálculo do produto interno bruto (PIB) agrícola; e o termo de cooperação técnica com a União dos Produtores de Bioenergia (Udop), com o objetivo de construir indicadores de gestão para o setor sucroenergético paulista.



O trabalho de atualização da base de dados do Levantamento Censitário das Unidades de Produção Agropecuária do Estado de São Paulo (Lupa), realizado em parceria com a Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati), entre os meses de agosto de 2016 e 2017, não poderia ficar de fora, por se tratar de um grande  conjunto de informações como o número de propriedades rurais, área de ocupação do solo, animais, máquinas e benfeitorias, exploração vegetal, técnicas de pecuária, mão-de-obra, tecnologias e atividade econômicas não-agropecuárias, que fornecem uma verdadeira fotografia do campo.



2017 foi um ano bastante produtivo para o Instituto de Economia Agrícola, como destaca o secretário-adjunto de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Rubens Rizek: “o IEA é a inteligência do Brasil, importante por produzir dados socioeconômicos relevantes para o setor. Precisamos fazer com que a sociedade saiba os benefícios da pesquisa, geração de desenvolvimento arrecadação e prosperidade. É impressionante”, afirmou.

    




Fonte: SECRETARIA DE AGRICULTURA - SP
PATROCINADORES
Samaq Comercial de Máquinas
Representações Francesquet
Wizard
Anuncie Aqui
Metalúrgica Wagner
Futura Imóveis
Alles Gut
Fritz Ordenhadeiras
Wizard Teutônia
Digiserv
Portal Atividade Rural 2018
contato@atividaderural.com.br | Fone: (51) 9135-4200