0


A Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) informa aos bovinocultores de corte e de leite do estado que o Banco do Brasil anunciou que oferecerá a possibilidade de prorrogar, de dois a três anos, dividas rurais provenientes de operações de custeio e investimentos vencidos em 2017 e com vencimento em 2018.



A medida vale para a Bovinocultura de Corte e Leiteira, nas seguintes condições: investimentos e custeio prorrogados em anos anteriores, reprogramados das parcelas para um ano após ao final do contrato; nos custeios de bovinocultura leiteira ou mista o pagamento deve ser de 20% e prorrogação do saldo restante por dois anos e para custeio de bovinocultura de corte 30% e prorrogado o restante por mais três anos.



O pedido de prorrogação foi encaminhado ao Banco do Brasil pela Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) em prol de todos os pecuaristas.



Os produtores rurais interessados devem procurar o gerente da conta no Banco do Brasil. Para dúvidas e informações o contato é a analista de Agricultura da Famato Karine Machado: (65) 3928-4416.




Fonte: FAMATO
PATROCINADORES
Samaq Comercial de Máquinas
Wizard
Metalúrgica Wagner
Colégio Teutônia
Anuncie Aqui
Wizard Teutônia
Digiserv
Futura Imóveis
Alles Gut
Fritz Ordenhadeiras
Portal Atividade Rural 2018
contato@atividaderural.com.br | Fone: (51) 9135-4200