0


O vice-prefeito Niuan Ribeiro e o secretário de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico participaram de uma visita técnica na semana passada na região do Olho D’água, na fazenda do grupo Cinco Estrelas, de propriedade do pecuarista Getúlio Vilela, local onde ele abriga matrizes leiteiras de alta qualidade das raças Gir Leiteiro, Holandês e Girolando.



A Prefeitura de Cuiabá tem priorizado as ações da Secretaria de Agricultura, determinando que as sejam focadas as quatro atividades, ou seja, as cadeias alimentares do peixe, frutas, legumes, verduras e na avicultura caipira.



E o leite chega como mais uma prioridade da gestão, uma vez que a pasta teve acesso e conseguiu a aprovação pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), no valor de mais de R$ 1 milhão, para atender e realinhar a cadeia produtiva leiteira no município de Cuiabá.



“Viemos aqui conhecer a bacia leiteira do senhor Getúlio, um dos maiores criadores do país e aqui do lado de Cuiabá, porque a gente acredita que o leite pode trazer muito desenvolvimento, trabalho e renda. Então esse é a nossa missão aqui, aprender, trocar experiências para que possamos ajudar o pequeno produtor a ter mais uma fonte de renda”, frisou o vice-prefeito Niuan Ribeiro.



Os técnicos da Gv5 (Getúlio Vilela Cinco Estrelas) estão constantemente em busca de melhores resultados em precocidade e qualidade, trabalhando intensamente para alavancar o gado de leite, através da mais alta tecnologia e investimos nos embriões das famílias. A raça de mais destaque da sua produção é a Gir Leiteiro. Atualmente suas fêmeas também são utilizadas como receptoras de embriões, chegando a produzir cerca de 60 litros por dia.



“Eu tenho aqui nesta fazenda só as elites, são fêmeas e machos que já me renderam muitos prêmios e me dão muito lucro. Eu invisto em Cuiabá na certeza que aqui será o maior produtor da bacia leiteira do país e por isso me coloco a disposição da prefeitura de Cuiabá para auxiliar e dar acompanhamento técnico no que for preciso”, assegurou o pecuarista Getúlio Vilela.



Planejamento  



Com base em estratégia e planejamento a secretaria vem buscando a captação de seus projetos via Ministério da Agricultura e emendas parlamentares com a finalidade de desenvolver essas cadeias. O projeto foi desenvolvido com a aprovação da equipe técnica da secretaria de Agricultura, com o objetivo de fazer um diagnóstico detalhado para saber como se encontra na zona rural de Cuiabá e sua produção leiteira, sabendo todas as dificuldades, todas as deficiências de manejo, todas as limitações de genética desse gado leiteiro. Pautado nesse diagnóstico será obtida uma realidade fina e alinhada para poder executar o projeto.



Conforme o secretário de Agricultura Vinicius Hugueney, o projeto já está aprovado e é  chamado de projeto gradual, é um modular.  Já existe um plano de trabalho detalhado para ele que será realizado em parceria com instituições. Com este recurso, a secretaria vai poder desenvolver uma série de atividades e, para que ele tenha continuidade, aliado ao projeto, será  desenvolvido junto aos pequenos produtores a possibilidade de também melhorar o manejo, melhorar a gestão da propriedade rural, a logística de transporte e do condicionamento de leite, é preciso investir na genética do gado. Tudo isso, dentro de alguns critérios que dependem da capacidade financeira para gerir o processo.



“Diante disso, a condição da visita é a primeira de muitas que serão realizadas, porque é preciso enxergar o que existe em Cuiabá, o que está pronto para ir a campo, filtrar onde esses produtos serão encaixados dentro da propriedade, para que os objetivos do projeto, que é fortalecer e realinhar a cadeia produtiva, sejam alcançados com sucesso. Não estamos focados na questão da instantâneidade, da coisa rápida, este é um processo lento, mas de forma gradual, ele tem que ser progressivo, ou seja, nós temos que construir, para que nos últimos anos da gestão Emanuel Pinheiro e na gestão futura isto esteja assegurado”, esclareceu Vinicius Hughuney.



Ele ainda salientou que será traçado um perfil desses pequenos produtores, e que para aqueles que quizerem fazer parte do projeto, será preciso escolher dentro dos perfis existentes algumas comunidades rurais, neste caso especifico será dada a oportunidade para quem tem manejo na atividade e já lida com o cotidiano da pecuária leiteira. “Cuiabá está no caminho certo, tem tudo para fazer um belo trabalho e ainda conta com apoio de parceiros nas ações políticas corretas de recursos que sejam bem investidos”, concluiu Vinicius.



Participaram da visita técnica, Nivaldo Ponciano Coelho, diretor Regional da Empaer, João Alexandre Gebara Junior, diretor de Prospecção e Projetos do Desenvolve – MT, o secretário-adjunto de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Marcelo Pires, o diretor de Indústria Comércio, Serviços e Tecnologia, Juliano Hendrigo Manzeppi  Bordoni, oo Zootecnista Fernando Caxeiro e o engenheiro agrônomo Reinaldo Fonseca, ambos da SMTRADE.




Fonte: Portal Lácteo
PATROCINADORES
Samaq Comercial de Máquinas
Colégio Teutônia
Representações Francesquet
Wizard
Anuncie Aqui
Wizard Teutônia
Futura Imóveis
Digiserv
Alles Gut
Fritz Ordenhadeiras
Portal Atividade Rural 2018
contato@atividaderural.com.br | Fone: (51) 9135-4200