0


Biólogos da Universidade de San Diego desenvolveram um método de manipular genes de uma peste agrícola que está em grande parte dos Estados Unidos e causou milhões de dólares em perdas em frutas.



A pesquisa liderada por Anna Buchman no laboratório de Omar Akbari, um novo professor de genética de insetos na Universidade de San Diego, descreve o primeiro sistema de acionamento de genes – um mecanismo de manipulação de herança genética -  na praga Drosophila suzukii.



Como reportado no dia 17 de abril nos Procedimentos da Academia Nacional de Ciências, Buchman a seus colegas desenvolveram um sistema de acionamento genético chamada de Medea, no qual uma toxina sintética e um antídoto correspondente funciona para influenciar dramaticamente a herança com eficiência quase perfeita.



“Nós projetamos um sistema de acionamento genético na herança dessas moscas e pode se espalhar na população delas”, afirmou Buchman. “Ela sobrepassa regras normais de herança. É um novo método de manipular populações dessas invasoras”.



Nativa do Japão, a mosca foi encontrada pela primeira vez na Costa Oeste dos Estados Unidos em 2008 e foi reportada em mais de 40 estados. A drosophina suzukki já gerou mais de US$ 39 milhões em perdas na indústria de framboesa na Califórnia e US$ 700 milhões totais nos Estados Unidos.



Em experimentos em jaulas, os pesquisadores reportam 100% de efetividade de predisposição hereditária em 19 populações descentes. “Nós vemos, por exemplo, a substituição de moscas nativas por moscas que voam mas não podem deixar ovos nas frutas,” disse Buchman.




Fonte: Agrolink
PATROCINADORES
Wizard
Representações Francesquet
Samaq Comercial de Máquinas
Anuncie Aqui
Metalúrgica Wagner
Futura Imóveis
Wizard Teutônia
Digiserv
Alles Gut
Fritz Ordenhadeiras
Portal Atividade Rural 2018
contato@atividaderural.com.br | Fone: (51) 9135-4200