0


Em 2017, Hong Kong foi o terceiro maior importador de vinho americano, depois do Canadá e do Reino Unido, segundo o Departamento da Agricultura dos Estados Unidos (USDA). No total, a cidade-estado de Hong Kong importou US$ 1,53 milhão em 2017. O aumento das importações nos últimos 10 anos veio de um volume de US$ 367,5 milhões em 2008.



Entre 2013 e 2017, o crescimento composto anual de importações de vinho cresceu 10,3% em valor e 4,9% em volume. De acordo com o USDA, a combinação de fatores de vendas de vinho em Hong Kong inclui a remoção de tarifas aos vinhos em 2008, uma cultura de maior apreciação do vinho apoiada pelo governo e pelo setor privado, e a eficiência na importação e exportação fazendo de Hong Kong um centro de reexportação do produto no continente asiático.



Em volume, o país asiático importou 60,9 milhões de litros de vinhos de várias origens, o que foi uma pequena queda em relação a 2016. Em Janeiro e Fevereiro de 2018, as importações estiveram nos mesmos níveis que nos mesmos meses do ano de 2017.



Especialistas na área acredita que Hong Kong se fortalecerá como grande centro de distribuição de vinhos na Ásia, especialmente para a China continental, para minimizar riscos e aumentar a flexibilidade. Para o USDA, Hong Kong é um produtor trivial de vinhos e importa a maior parte do volume da França, que detém 60% deste mercado. O segundo fornecedor é a Austrália e o terceiro é o Reino Unido, seguido pelos Estados Unidos, segundo os dados do órgão norte-americano.




Fonte: Agrolink
PATROCINADORES
Metalúrgica Wagner
Wizard
Colégio Teutônia
Samaq Comercial de Máquinas
Representações Francesquet
Fritz Ordenhadeiras
Digiserv
Alles Gut
Wizard Teutônia
Futura Imóveis
Portal Atividade Rural 2018
contato@atividaderural.com.br | Fone: (51) 9135-4200