0


A perda de trabalhadores rurais estrangeiros têm um sido um problema para o setor agrícola de forma global, segundo site GlobalMeatNews. O Conselho Nacional de Produtores de Porco dos Estados Unidos revelou em estudo na semana passada que uma oferta menor de trabalhadores estrangeiros reduziria a demanda por mão de obra enquanto os custos de produção aumentam, resultando em uma menor produção agrícola porque os agricultores abandonam operações com mão de obra intensiva.



O Conselho Dinamarquês de Agricultura e Alimentos afirmou ao GlobalMeatNews que a oferta de trabalhadores estrangeiros aos países da União Europeia caiu drasticamente desde a metade 2016 e a agricultura dinamarquesa é muito dependente de trabalhadores estrangeiros.



“Parte do declínio se explica pelo fato de que muitos países da UE estão enfrentando escassez de mão de obra”, disse Karen Haekkerup, CEO da Landbrug e Fodevarer.



“A competição por mão de obra europeia tem sido forte e a Polônia tem sido um alvo porque tem feito um esforço para que os poloneses voltem para casa. Algo similar ocorre em outros países da UE onde a Dinamarca tenta atrair trabalhadores”, acrescentou Karen.



O resultado desse início de falta de saída de trabalhadores fez com que empresas diminuíssem a produção e a exportações, principalmente no caso dinamarquês. “Nossas empresas estão em uma situação em que se elas não tiverem o número de trabalhadores que precisam, afetará o PIB e a produtividade das empresas”, disse Karen.



No caso do Canadá há uma sobra de 1.500 postos de trabalho somente na indústria de processamento de carnes. Além desses países, na Austrália, Inglaterra e nos Estados Unidos também há problemas graves nesse sentido.




Fonte: Agrolink
PATROCINADORES
Samaq Comercial de Máquinas
Representações Francesquet
Wizard
Colégio Teutônia
Anuncie Aqui
Futura Imóveis
Alles Gut
Digiserv
Wizard Teutônia
Fritz Ordenhadeiras
Portal Atividade Rural 2018
contato@atividaderural.com.br | Fone: (51) 9135-4200