0


Cientistas da Academia Chinesa de Ciências, em parceria com o Laboratório de Sequenciamento e Análise Genômica do instituto, BGI Shenzhen e Keygene, na Holanda conseguiram criar uma sequência de genoma de trigo A de alta qualidade. O trigo hexaploide, que é cultivado no mundo todo e responsável por alimentar 35% da população, tem um genoma AABBD. 



De acordo com os pesquisadores, é muito difícil conseguir fazer uma análise genética e funcional do trigo de pão, por mais que ele seja muito comum e facilmente encontrado. Isso se deve a sua própria natureza hexaploide que tem três subgêneros (A, B e D) e também ao grande tamanho do seu genoma, de 17Gb. Sabendo disso, os estudiosos criaram uma sequência de genoma de alta qualidade do trigo selvagem Triticun Uratu, que originou o trigo de pão, é diploide e tem um genoma de apenas 5Gb. 



A partir dessa análise genômica, os pesquisadores descobriram que a colinearidade originada das antigas duplicações do genoma em T. urartu foi interrompida por causa de extensas amplificações de elementos e perda generalizada de genes, em comparação com arroz e sorgo, por exemplo. Uma comparação com o trigo que conhecemos mostrou também que ocorreram quatro variações na estrutura cromossômica durante a evolução do trigo, dividindo-o em três grupos distintos, com diferentes adaptações a condições externas e doenças. 



Com esta pesquisa pretende-se estudar a variação genética do trigo e de outras gramíneas relacionadas, a fim de poder investir com mais qualidade em melhoramento genético do trigo para enfrentar os desafios futuros da segurança alimentar global e da agricultura sustentável. 




Fonte: Agrolink
PATROCINADORES
Samaq Comercial de Máquinas
Anuncie Aqui
Representações Francesquet
Wizard
Colégio Teutônia
Alles Gut
Futura Imóveis
Digiserv
Wizard Teutônia
Fritz Ordenhadeiras
Portal Atividade Rural 2018
contato@atividaderural.com.br | Fone: (51) 9135-4200