0


Audiência pública aprova alteração de dispositivo do Plano Diretor



Proposta foi debatida na segunda-feira, dia 14, e aprovada pela Câmara de Vereadores na quinta-feira, dia 17 de maio



Audiência pública foi realizada na segunda-feira, dia 14 de maio_PDV.JPGCom o objetivo de alterar trecho instituído pelo Plano Diretor Participativo e Sustentável, aprovado no final de 2017, a Câmara de Vereadores de Westfália sediou audiência pública na tarde de segunda-feira, dia 14 de maio. Na oportunidade, foi apresentada e discutida a proposta de alteração da alínea D do artigo 27, que trata do afastamento frontal das estradas municipais da zona rural do Município.



Aprovada durante a audiência pública, a alteração foi encaminhada à Câmara de Vereadores, que sancionou a medida na sessão ordinária de quinta-feira, dia 17 de maio. No entendimento da Administração Municipal e da equipe técnica que acompanha o Plano Diretor Participativo e Sustentável, a mudança se fez necessária para não prejudicar o pequeno agricultor.



Prefeito Otávio Landmeier coordenou a audiência pública_PDV.JPGConforme o prefeito de Westfália, Otávio Landmeier, foi um detalhe que passou despercebido na aprovação do projeto. "Fica alterada a distância para a autorização de ampliações e construção de novos de aviários e chiqueiros no interior, tendo em vista viabilizar a sucessão rural e possibilitar o aumento da produção dos nossos agricultores. No entanto, antes de efetuadas, as ampliações serão submetidas à análise do Conselho Municipal do Meio Ambiente", enalteceu Landmeier.



O que muda?



A alteração foi sugerida no sentido de não somar-se às vedações sanitárias adotadas como critérios da Fundação Estadual de Proteção Ambiental do Rio Grande do Sul (Fepam/RS), para a autorização de empreendimentos como aviários e chiqueiros, a margem de recuo frontal de 14 metros, instituída pelo Plano Diretor Participativo e Sustentável no ano passado. Da forma como estava, a soma do recuo das estradas municipais, que poderia chegar a 64 metros, prejudicaria o pequeno produtor, considerando que a área utilizável das propriedades é pequena e as condições geográficas acidentadas limitam a implantação de empreendimentos agrícolas, inviabilizando novas construções em muitas propriedades.



A alteração da alínea D do artigo 27 tem o intuito de dar continuidade à atividade rural, viabilizando a permanência do jovem produtor na atividade. Nesse sentido, a edificação de novas instalações possibilita aos agricultores westfalianos o aumento da produção e traz benefícios ao Município através do aumento no retorno do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).



 



TEXTO E FOTOS: Paloma Driemeyer Valandro/AI





 



Fonte: Prefeitura de Westfália RS
PATROCINADORES
Samaq Comercial de Máquinas
Metalúrgica Wagner
Anuncie Aqui
Wizard
Representações Francesquet
Alles Gut
Digiserv
Wizard Teutônia
Fritz Ordenhadeiras
Futura Imóveis
Portal Atividade Rural 2018
contato@atividaderural.com.br | Fone: (51) 9135-4200