0


Audiência pública aprova alteração de dispositivo do Plano Diretor



Proposta foi debatida na segunda-feira, dia 14, e aprovada pela Câmara de Vereadores na quinta-feira, dia 17 de maio



Audiência pública foi realizada na segunda-feira, dia 14 de maio_PDV.JPGCom o objetivo de alterar trecho instituído pelo Plano Diretor Participativo e Sustentável, aprovado no final de 2017, a Câmara de Vereadores de Westfália sediou audiência pública na tarde de segunda-feira, dia 14 de maio. Na oportunidade, foi apresentada e discutida a proposta de alteração da alínea D do artigo 27, que trata do afastamento frontal das estradas municipais da zona rural do Município.



Aprovada durante a audiência pública, a alteração foi encaminhada à Câmara de Vereadores, que sancionou a medida na sessão ordinária de quinta-feira, dia 17 de maio. No entendimento da Administração Municipal e da equipe técnica que acompanha o Plano Diretor Participativo e Sustentável, a mudança se fez necessária para não prejudicar o pequeno agricultor.



Prefeito Otávio Landmeier coordenou a audiência pública_PDV.JPGConforme o prefeito de Westfália, Otávio Landmeier, foi um detalhe que passou despercebido na aprovação do projeto. "Fica alterada a distância para a autorização de ampliações e construção de novos de aviários e chiqueiros no interior, tendo em vista viabilizar a sucessão rural e possibilitar o aumento da produção dos nossos agricultores. No entanto, antes de efetuadas, as ampliações serão submetidas à análise do Conselho Municipal do Meio Ambiente", enalteceu Landmeier.



O que muda?



A alteração foi sugerida no sentido de não somar-se às vedações sanitárias adotadas como critérios da Fundação Estadual de Proteção Ambiental do Rio Grande do Sul (Fepam/RS), para a autorização de empreendimentos como aviários e chiqueiros, a margem de recuo frontal de 14 metros, instituída pelo Plano Diretor Participativo e Sustentável no ano passado. Da forma como estava, a soma do recuo das estradas municipais, que poderia chegar a 64 metros, prejudicaria o pequeno produtor, considerando que a área utilizável das propriedades é pequena e as condições geográficas acidentadas limitam a implantação de empreendimentos agrícolas, inviabilizando novas construções em muitas propriedades.



A alteração da alínea D do artigo 27 tem o intuito de dar continuidade à atividade rural, viabilizando a permanência do jovem produtor na atividade. Nesse sentido, a edificação de novas instalações possibilita aos agricultores westfalianos o aumento da produção e traz benefícios ao Município através do aumento no retorno do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).



 



TEXTO E FOTOS: Paloma Driemeyer Valandro/AI





 



Fonte: Prefeitura de Westfália RS
PATROCINADORES
Representações Francesquet
Samaq Comercial de Máquinas
Anuncie Aqui
Metalúrgica Wagner
Colégio Teutônia
Futura Imóveis
Alles Gut
Wizard Teutônia
Fritz Ordenhadeiras
Digiserv
Portal Atividade Rural 2018
contato@atividaderural.com.br | Fone: (51) 9135-4200