0


O setor da avicultura brasileira está entre os mais afetados pela paralisação dos caminhoneiros, segundo análise do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP. Além dos problemas que já afetavam a cadeia produtiva, como o embargo da União Europeia à carne de frango, os produtores agora lidam com a escassez de alimentos para abastecer as aves e a redução dos abates.



“Ainda que este seja um setor integrado, as negociações envolvendo o frango estão travadas”, afirmam os analistas. De acordo com o Cepea, muitos frigoríficos estão parados diante da falta de insumos, enquanto outros reduziram o abate devido à falta de espaço nos estoques, que não estão sendo escoados.



Colaboradores do Cepea indicam que têm alimentos para os animais até o meio desta semana e, por isso, muitos têm racionado a alimentação – cenário que deve reduzir a produtividade. Em cooperativas consultadas pela Avicultura Industrial, a informação é de que os animais estão recebendo alimentação reduzida também por esse motivo. É que, se os animais receberem a mesma quantidade de alimentos do período anterior à greve de caminhoneiros, passarão do peso comum para o abate. Em um dos casos, as aves já estão com um quilo a mais do que habitual.



Impacto em números



No estado do Paraná, maior produtor de carne de frango do País, até o fim da manhã desta terça-feira (29), segundo o Sistema Ocepar, 25 unidades frigorificas estavam com atividades suspensas. O problema atinge até mesmo as maiores cooperativas, como Copacol, C. Vale, Lar e Copavel.



Como resultado disso, 2,3 milhões de aves estão deixando de ser abatidas diariamente, conforme cálculos do Sistema Ocepar. Até que a paralisação seja contornada, pelo menos 50 mil funcionários estão temporariamente dispensados.



De acordo com o Cepea, o setor avícola é fortemente dependente do mercado internacional – quase 35% da produção brasileira da proteína é exportada – e o mercado enfrenta embargo por parte de um importante comprador, a União Europeia. Desse modo, “o atual contexto pode dificultar os recentes avanços em acordos estabelecidos com outros países demandantes da carne”.







 




Fonte: Avicultura Industrial
PATROCINADORES
Samaq Comercial de Máquinas
Metalúrgica Wagner
Anuncie Aqui
Wizard
Colégio Teutônia
Digiserv
Fritz Ordenhadeiras
Wizard Teutônia
Alles Gut
Futura Imóveis
Portal Atividade Rural 2018
contato@atividaderural.com.br | Fone: (51) 9135-4200