0


Foi anunciado neste mês o lançamento do bioinseticida microbiológico Tarik EC, que é produzido a partir do ingrediente ativo Bacillus thuringiensis (Bt) da variedade kurstaki. Com formulação Concentrado Emulsionável (EC), o produto é resultado de uma parceria entre a Santa Clara Agrociência e a Vectorcontrol.



Registrado sob o número 39517 no Mapa (Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento), o Tarik EC é indicado para o controle de lagartas dentro de um programa de MIP (Manejo Integrado de Pragas). Na cultura da soja, por exemplo, o produto pode ser usado no combate à temida Helicoverpa armigera.



O bioinseticida possui recomendação para contra o Bicho furão (Ecdytolopha aurantiana) no citros, contra Lagarta da espiga do milho (Helicoverpa zea) no tomate, contra a Lagarta dos eucaliptos (Thyrinteina arnobia) no reflorestamento, e contra as Traças das crucíferas (Plutella xylostella) no repolho.



Como diferenciais e vantagens do produto, além da baixa toxidade e excelente ação residual, a fabricante destaca o fato de ser seletivo – não prejudicando os insetos benéficos. Os desenvolvedores recomendam o Tarik EC para o período de início das infestações e para o controle de lagartas até o terceiro instar. Por essas características, o bioinseticida pode ser utilizado no manejo da resistência aos produtos químicos tradicionais do mercado.



Na apresentação do produto, a Santa Clara Agrociência destacou que o Tarik EC pode ser usado em combinação com o fertilizante especial Sulfeto SK, uma vez que esse produto faz com que a lagarta se desaloje do cartucho – expondo o inseto à ação do  Bacillus thuringiensis kurstaki.




Fonte: Agrolink
PATROCINADORES
Anuncie Aqui
Metalúrgica Wagner
Samaq Comercial de Máquinas
Colégio Teutônia
Representações Francesquet
Digiserv
Fritz Ordenhadeiras
Alles Gut
Wizard Teutônia
Futura Imóveis
Portal Atividade Rural 2018
contato@atividaderural.com.br | Fone: (51) 9135-4200