0


“Na esteira da desinformação e de embates políticos e ideológicos desconectados da realidade agrícola do país, o Brasil vem perdendo oportunidades de ocupar o lugar de destaque que merece no cenário mundial do agronegócio. Um dos motivos para que isso ocorra é a falta de entendimento do que é a agricultura moderna por parte da maioria da população”. A afirmação é do Professor Titular do Departamento de Engenharia Rural da Faculdade de Ciências Agronômicas da Universidade Estadual Paulista (FCA/UNESP), Ulisses R. Antuniassi. 



O especialista diz ainda que esse desconhecimento ocorre porque não existe instrução agronômica no que chamou de “educação básica”, que vai desde o primário até a faculdade. Ele também acusou as redes sociais e a mídia tradicional de "disseminar  mitos e bobagens” que não tem base científica. 



“A falta de cultura agrícola ajuda a disseminar mitos e bobagens sobre o tema nas mídias tradicionais e nas redes sociais. É constrangedor ver opiniões de "famosos" se posicionando contra ou a favor de práticas agrícolas sem ao menos entender o que elas representam do ponto de vista técnico, social ou econômico”, declara Antuniassi. 



Como exemplo, o professor cita a discussão sobre a proibição dos defensivos agrícolas. De acordo com ele, a maioria das pessoas não leva em consideração o fato de que os agroquímicos são oriundos de técnicas selecionadas após anos de pesquisas e testes, além de serem aprovadas por diversos órgãos reguladores públicos e privados. 



“Tratam-se de ferramentas de trabalho desenvolvidas, testadas e aprovadas nas diferentes instâncias regulatórias, dentro de uma legislação rigorosa. Portanto, estes produtos e técnicas são seguros para a sociedade, desde que sejam usados da maneira correta (as boas práticas agrícolas)”, finaliza. 




Fonte: Agrolink
PATROCINADORES
Anuncie Aqui
Representações Francesquet
Samaq Comercial de Máquinas
Metalúrgica Wagner
Wizard
Digiserv
Alles Gut
Wizard Teutônia
Futura Imóveis
Fritz Ordenhadeiras
Portal Atividade Rural 2018
contato@atividaderural.com.br | Fone: (51) 9135-4200