0


Um levantamento produzido pela consultoria INTL FCStone estima processamento de 46,5 milhões de toneladas de cana na temporada atual nas regiões Norte e Nordeste, o que significa uma baixa, em relação ao ano passado, devido ao clima seco e à falta de chuvas. De acordo com o analista de mercado da INTL FCStone, João Paulo Botelho o volume de cada processada está significativamente abaixo do que a região obteve entre 2005 e 2014, período no qual moagem variou entre 55 e 70 milhões de toneladas. 



“Com precipitação acumulada no ano 22,7% abaixo da média dos últimos 10 anos e redução de mais de 55% nos últimos 3 meses, é possível que a queda na umidade dos solos se acelere a partir de agora, aumentando o stress hídrico das lavouras, a depender das chuvas e temperaturas que serão registradas nas próximas semanas”, avalia. 



No entanto, ao mesmo tempo em que o clima seco pode prejudicar o desenvolvimento dos canaviais, ele tem impacto positivo sobre a concentração de açúcares na cana. Nesse cenário, a INTL FCStone estima que o Açúcar Total Recuperável (ATR) fique registrado em 129,3 Kg/t, o que representaria uma alta de 1,6% em relação ao último ciclo. 



O mix açucareiro da região foi estipulado pela consultoria em 43,5%, 3,1% a menos do que a safra passada.  Se confirmando, essa porcentagem significa uma produção de 2,5 milhões de toneladas de açúcar na região, 2,6% abaixo da safra 2017/18 e o menor percentual desde a temporada 1999/2000. 



“Esta queda foi resultado das expectativas de amplo superávit global de açúcar na safra 2017/18, que deve ser seguido por novo excedente no ciclo seguinte, ambos resultados de produção acima das máximas históricas em Índia e Tailândia, além de recuperação na produção europeia”, concluiu a INT FCStone. 




Fonte: Agrolink
PATROCINADORES
Colégio Teutônia
Representações Francesquet
Samaq Comercial de Máquinas
Anuncie Aqui
Metalúrgica Wagner
Futura Imóveis
Wizard Teutônia
Fritz Ordenhadeiras
Alles Gut
Digiserv
Portal Atividade Rural 2018
contato@atividaderural.com.br | Fone: (51) 9135-4200