0


Um artigo publicado na Revista Cultivar  por grupo de pesquisadores liderados por Cecilia Czepak, da Escola de Agronomia da Universidade Federal de Goiás (UFG) indicou que Mosca-da-haste-da-soja (M. Sojae) já está presente e teve um avanço detectado. De acordo com a publicação, esta praga vem causando inúmeros prejuízos em países como a Rússia, Austrália e Espanha, mais recentemente no Paraguai e na Bolívia, e vem sendo detectada no Brasil desde 2015. 



“Em 2015 na segunda safra de soja, a ocorrência de M. sojae foi confirmada pela equipe do Laboratório de Manejo Integrado de Pragas (Lab MIP) da Universidade de Santa Maria/Rio Grande do Sul em cultivos de soja de diversas localidades do Sul e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) foi oficialmente notificado da sua presença”, diz o texto.  



No entanto, o estudo identificou que a praga vem avançando e se espalhando por regiões do País onde ainda não tinha sido identificada, como o cerrado, por exemplo. Assim, a Mosca-da-haste-da-soja foi incluída na lista de pragas disseminadas no Brasil, por afetar várias regiões. 



“Quanto ao Cerrado brasileiro, M. sojae ainda não tinha sido relatada, sendo considerada por algumas Instituições até pouco tempo atrás, como uma praga não disseminada no país. Mas infelizmente esta afirmação não procedia e, para surpresa de muitos, foi encontrada neste ano em diversas áreas do Cerrado Goiano”, informa o relatório. 



Por ser considerada uma espécie exótica e causar problemas econômicos e ambientais, a Mosca-da-haste-da-soja está preocupando os cientistas. “Espécies exóticas invasoras são aquelas pelas quais a introdução e/ou dispersão ameaçam a diversidade biológica dos ecossistemas, pois passam a ocasionar impactos econômicos e ecológicos de difícil detecção e quantificação”, conclui a publicação. 




Fonte: Agrolink
PATROCINADORES
Anuncie Aqui
Representações Francesquet
Samaq Comercial de Máquinas
Metalúrgica Wagner
Wizard
Wizard Teutônia
Fritz Ordenhadeiras
Futura Imóveis
Alles Gut
Digiserv
Portal Atividade Rural 2018
contato@atividaderural.com.br | Fone: (51) 9135-4200