0


O bioquímico britânico Richard Roberts, Prêmio Nobel de Medicina em 1993, afirmou que os organismos geneticamente modificados (OGMs) devem ter uma abordagem científica e não ideológica. De acordo com ele, muito dos argumentos usados contra os transgênicos ou OGMs em geral são mitos. 



"É muito importante que os líderes da sociedade civil falem, não apenas políticos, mas líderes religiosos (...) É importante que as celebridades falem, que elas falem sobre ciência, é claro. Se a maioria dos cientistas apoiar algo, vamos mostrar, digamos, essa é a realidade”, comenta. 



Além disso, ele lembrou que mais de 137 Prêmios Nobel assinaram em 2016 uma carta de apoio em favor do uso das culturas geneticamente modificadas. Nesse cenário ele afirma que eles acreditam que os OGMs são "seguros e inofensivos" e pediram para que os governos também iniciem um movimento de apoio. 



"Também tivemos pessoas da ONU e embaixadas dizendo que era hora de admitir que esse era um tópico em que a ONG Greenpeace e as pessoas anti-transgênicas estavam erradas. Às vezes você apoia uma causa que soa muito bem, mas então você percebe, quando ouve sobre a evidência, que cometeu um erro”, afirma. 



Além disso, o bioquímico apontou que mais de 200 academias de ciências e médicos credenciados do mundo, como a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), a Sociedade Real de Medicina do Reino Unido, a Academia de Ciências dos Estados Unidos ou da Organização Mundial de Saúde (OMS), apoiam o uso de transgênicos. "Precisamos ter mais ciência na política e menos política na ciência", concluiu.




Fonte: Agrolink
PATROCINADORES
Colégio Teutônia
Metalúrgica Wagner
Anuncie Aqui
Wizard
Samaq Comercial de Máquinas
Fritz Ordenhadeiras
Wizard Teutônia
Digiserv
Alles Gut
Futura Imóveis
Portal Atividade Rural 2018
contato@atividaderural.com.br | Fone: (51) 9135-4200