0







Uma nova alternativa para os produtores brasileiros chega ao mercado, um sistema inovador de tratamento biológico de soja: o CTS 500®, um inoculante que permite o plantio de soja em até 60 dias após o tratamento. 



O engenheiro agrônomo M.Sc. e desenvolvedor de mercado e soluções aplicadas para sementes da Bayer Flavio Gentil Bonfante explica que, diferente do CTS 200®, que assegurava 38 dias de pré-tratamento, a nova tecnologia de tratamento industrial avançou em 22 dias, alcançando 60 dias de pré-tratamento, além de ser compatível com os principais químicos de proteção do mercado, incluindo diamidas e nematicidas. 



O sistema integrado CTS 500® possui base turfosa em sua formulação, contendo alta concentração de bactérias de sobrevida, chamadas Bradyrhizobium, que em associação com a planta fornecem nitrogênio para a mesma em troca de nutrientes. Possui também bioprotetores que auxiliam na sobrevida das bactérias, permitindo distribuição homogênea e dosagem correta do inoculante quando aplicado na semente de soja, obtendo uma excelente cobertura e uniformidade.



Com a tecnologia “abra e plante”, ainda é possível reduzir custos operacionais com maquinário e mão de obra na fazenda, o tratamento de sementes industrial traz maior segurança e qualidade para o agricultor, entregando sementes já prontas para o plantio.



A partir do momento que o produtor passa a contar com esse eficiente sistema de tratamento industrial, há ganhos na produtividade da lavoura. O agrônomo Flavio salienta que estudos recentes mostram que as práticas de inoculação podem ser realizadas dias antes do plantio e combinadas com tratamentos com fungicidas, inseticidas e nematicidas. De acordo com as pesquisas realizadas pelo Time de Representante de Desenvolvimento Tecnológico (TDR) da Bayer, em 75 faixas em campos de diferentes ambientes agrícolas do Brasil, onde comparou-se o tratamento com o CTS 500® (tratamento de longo prazo) ao tratamento realizado pelo agricultor, foi possível chegar a um incremento no número de nódulos de 18%, e esse resultado foi responsável pelo aumento de 5% no rendimento de grão. 







Legenda: nódulos em raízes de soja com o CTS 500®.



“Os resultados das pesquisas realizadas durante os últimos anos comprovam a eficiência agronômica da inoculação antecipada, derrubando o mito de que, após feita a inoculação na semente de soja, é necessário plantá-la imediatamente para não perder a efetividade do tratamento e, consequentemente, prejudicar a produtividade”, finaliza Flavio.



 








 





Fonte: Agrolink
PATROCINADORES
Wizard
Anuncie Aqui
Sicredi
Metalúrgica Wagner
Digiserv
Futura Imóveis
Wizard Teutônia
Portal Atividade Rural 2019
contato@atividaderural.com.br | Fone: (51) 9135-4200