0


04 de setembro de 2019: uma data que ficará marcada para sempre na história e na cultura do município de Westfália. É neste dia que será lançado o Dicionário da Língua Westfaliana Brasileira (Plattdüütsk - Sapato de Pau), uma publicação que busca relembrar a origem dos antepassados e incentivar a continuidade do uso do dialeto, marcando esta tradição de geração em geração.



Com autoria de Lucildo Ahlert e coautoria dos integrantes do Grupo Amigos do Sapato de Pau, o Dicionário da Língua Westfaliana Brasileira será oficialmente lançado no dia 04 de setembro (quarta-feira), durante a XI Feira Municipal do Conhecimento, promovida pela Prefeitura de Westfália, por meio da Secretaria de Educação, Cultura, Turismo e Desporto (SMEC). A programação iniciará às 19h30min, tendo por local a Casa da OASE, no Centro, e é aberta a toda a comunidade local e regional.



Além do lançamento da publicação, por si só, a noite ainda reserva atrativos culturais: presença das soberanas e apresentações do Coral Municipal, do Grupo de Danças Folclóricas Alemãs Westfälische Tanzgruppe e do Grupo Amigos do Sapato de Pau. Já estão confirmadas a presença de autoridades locais, regionais e estaduais.



Segundo a secretária de Educação, Cultura, Turismo e Desporto, Elisangela Schneider Wiethölter, este é um marco histórico e cultural para o município de Westfália. "O dialeto Plattdüütsk (sapato de pau) é uma herança dos nossos antepassados. Eternizá-la, em livro, é um marco que ficará na história do nosso município. Estamos imensamente felizes em concretizar esta grande obra imaterial", destaca a secretária, salientando que o Plattdüütsk já é considerado a língua co-oficial do Município desde março de 2016.



O prefeito de Westfália, Otávio Landmeier, enaltece que o lançamento do Dicionário da Língua Westfaliana Brasileira reforça que 2019 é o ano da cultura no Município. "Este é um grande marco para a cultura westfaliana. Uma obra que ficará eternizada na nossa história e que resgata e valoriza as tradições dos nossos antepassados. Sem dúvidas, este será mais um grande diferencial em nível de região, estado e país, e isso é motivo de orgulho", frisa o prefeito, convidando a toda a comunidade para a programação de lançamento.



O lançamento do Dicionário da Língua Westfaliana Brasileira é uma realização da Prefeitura Municipal de Westfália, através da SMEC, em parceria com a Academia Literária do Vale do Taquari (Alivat).



Dicionário da Língua Westfaliana Brasileira



A ideia de criar um dicionário do dialeto Plattdüütsk surgiu já no ano de 1997, quando da realização do 1º Encontro do Sapato de Pau, em Linha Schmidt, hoje município de Westfália. A programação teve como objetivo lembrar a origem dos antepassados e incentivar a continuidade do uso do dialeto. "Na oportunidade, o empresário alemão Klaus Dreyer, de Gaste, Alemanha, fez o lançamento do seu dicionário Hasbiärger plattdüütschket Wöerderbouk, Döönkes um Vertällsel", relembra o coordenador do Grupo Amigos do Sapato de Pau, Lucildo Ahlert.



Após o 1º Encontro do Sapato de Pau, apesar de terem sido realizados outros quatro encontros com falantes do dialeto Sapato de Pau, até 2005, a ideia em relação à confecção do dicionário não prosperou. "Somente em 2013, quando foi proposto o projeto da criação do Grupo Amigos do Sapato de Pau, a ideia foi retomada e agora transformada em realidade", completa.



Um sonho realizado, no dicionário a comunidade local e regional poderá encontrar, além de mais de seis mil verbetes da Língua Westfaliana Brasileira, traduzidos para as línguas portuguesa e alemã, outras informações diversas: regras de escrita; história da imigração e das características da cultura westfaliana, aspectos da história do município de Westfália; contos, provérbios e pensamentos, com humor do cotidiano do povo. O livro é composto por seis capítulos.



A programação do lançamento do Dicionário da Língua Westfaliana Brasileira é gratuita e aberta a toda a comunidade local e regional. "Venham conhecer um pouco mais sobre a nossa história e o legado deixado pelos imigrantes westfalianos, numa noite de atrações culturais imperdíveis", convida Lucildo Ahlert.



Grupo Amigos do Sapato de Pau



Com o compromisso de resgatar a cultura herdada dos antepassados, em 20 de maio de 2013 surgia um grupo de voluntários. Desde a sua criação, é composto por representantes de diversos segmentos da sociedade westfaliana, com diversidade de faixa etária: professores, poder executivo e legislativo, setor agropecuário, funcionários públicos e comunidade em geral.



Reunindo-se uma vez por mês, durante duas horas, o Grupo Amigos do Sapato de Pau definiu como objetivos de trabalho: resgatar o vocabulário westfaliano usado no município de Westfália e arredores, definir regras gramaticais inerentes, a escrita e a fala da, agora, língua, e dispor de momentos para vivenciar a cultura trazida pelos imigrantes westfalianos. "Todo o trabalho do grupo tem como intuito deixar um legado para as futuras gerações, mantendo a cultura viva e a preservando para o futuro", pontua Ahlert.




Fonte: Prefeitura Municipal de Westfália-RS
PATROCINADORES
Metalúrgica Wagner
Wizard
Anuncie Aqui
Sicredi
Digiserv
Wizard Teutônia
Futura Imóveis
Portal Atividade Rural 2019
contato@atividaderural.com.br | Fone: (51) 9135-4200