0


As exportações de carne suína in natura somaram US$ 997,66 milhões de janeiro a setembro de 2019, registrando um crescimento 30%. Em volume foram embarcadas 456.758,4 toneladas no período, com variação positiva de 15%. Os dados são do Ministério da Economia, Indústria, Comércio Exterior E Serviços



O maior comprador da carne de frango brasileira continua sendo a China que somada a Hong Kong receberam 51% de toda carne embarcada no período. Com os casos de Peste Suína Africana no país e as liberações dos estoques emergenciais de carne, o país tem aumentado as importações. Os envios para China já são quase 60% maior na comparação com o mesmo período de 2018.



Rússsia vêm na segunda posição com 8,3% dos embarques, após a retomada das importações da carne brasileira. Chile, Uruguai e Argentina comparam 19,1% de toda carne brasileira exportada.


sijan-set, ppe, notícias, fotos atualizadas ,


Estados com maior número de embarques



Entre os estados produtores o Santa Catarina segue como maior exportador, sendo responsável por 56,7% da carne exportada. De janeiro a setembro o estado já soma US$ 565,83 milhões e registra uma variação positiva de 31,9%.



O Rio Grande do Sul registrou uma variação de 35% no período e é o segundo maior exportador. O estado foi responsável por 24,,8 % do total embarcado, somando US$ 247,6 milhões no período. Na sequência vem o Paraná com 15,5% de participação, Minas Gerais  com 1,30% e Mato Grosso com 0,99%



 


sijan-set, ppe, notícias, fotos atualizadas ,
SIjan-set
sijan-set, ppe, notícias, fotos atualizadas ,
SIjan-set


 








Caroline Mendes/ Redação SI






 






Fonte: Suinocultura Industrial
PATROCINADORES
Sicredi
Metalúrgica Wagner
Wizard
Anuncie Aqui
Futura Imóveis
Wizard Teutônia
Digiserv
Portal Atividade Rural 2019
contato@atividaderural.com.br | Fone: (51) 9135-4200