0


A pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) tem causado diversas mudanças na rotina das pessoas. Com as orientações de isolamento social, tiveram de se reorganizar formas de estudo, trabalho e de encontros. Porém, há situações em que é inevitável não sair de casa e, nesse momento, o uso de máscaras tornou-se indispensável para prevenir as formas de transmissão da doença. O Governo do Estado do Rio Grande do Sul declarou recentemente o uso obrigatório de máscaras em todos os municípios gaúchos, determinação já adotada por Westfália em 30 de abril, através do Decreto Municipal nº 022/2020.



Tendo em vista que o Vale do Taquari se encontra com bandeira laranja no modelo de Distanciamento Social Controlado apresentado pelo Governo Estadual e de que há três casos confirmados de contaminação por Coronavírus no Município (um deles recuperado), a população deve adotar cuidados redobrados e estar atenta para a efetividade de suas medidas de prevenção, como o uso de máscaras de proteção. Importante ressaltar que a bandeira laranja significa risco médio para contágio de Covid-19, o que não significa que as medidas preventivas possam ser afrouxadas.



De acordo com o enfermeiro Alexandre dos Santos Nunes, coordenador da Unidade Básica de Saúde (UBS) de Westfália, o uso da máscara tem como finalidade evitar que os contaminados propaguem o vírus através das gotículas de saliva expelidas pela fala, tosse ou espirro no momento de contato com outras pessoas. "Ela funciona como uma barreira física para evitar a contaminação, pois, se tivermos muitos doentes, não haverá condições de atender todo mundo", observa. O uso de máscaras de tecido pela população em geral leva em consideração a disponibilidade de máscaras descartáveis para os profissionais de saúde e também aqueles que, no exercício de sua função, têm contato com muitas pessoas.



Nunes salienta que, além do uso de máscara, é indispensável adotar medidas que garantam a sua funcionalidade de barreira física contra o Coronavírus. Portanto, as máscaras de tecido devem ter duas camadas de pano, protegerem totalmente a boca e o nariz, e serem utilizadas por no máximo duas horas. Passadas as duas horas, as máscaras precisam ser corretamente higienizadas numa solução de duas colheres de sopa de água sanitária para um litro de água, onde devem permanecer de molho por 30 minutos. Depois disso, devem ser enxaguadas com água e sabão e secar ao sol, sendo opcional o uso do ferro de passar. O coordenador da UBS salienta que o uso da máscara é individual, e que ela não pode ser emprestada ou compartilhada nem entre as pessoas da mesma família. Além disso, ressalta que não se deve tocar a máscara com a mão pelo lado de fora ou então utilizá-la de forma errada - abaixo do queixo, ou com a boca e nariz descobertos.



O hábito de lavar as mãos com água e sabão, ou no caso de não ser possível, fazer uso do álcool em gel, também é outra medida que ajuda a prevenir a contaminação pelo novo Coronavírus. "Também deve-se evitar tocar olhos, boca ou nariz, pois podemos ter tocado em alguma superfície contaminada e levarmos isso ao nosso corpo", explica Nunes. O profissional de saúde destaca que esse é um momento que exige a dedicação de todos, e faz um apelo à população westfaliana: "pedimos que a população colabore, nos ajude. Nós também não gostamos dessa situação. Queremos voltar às atividades normais o quanto antes. Pedimos que, nesse momento, apenas procurem o hospital ou as unidades de saúde quando for extremamente necessário, e qualquer dúvida pode ser sanada por contato telefônico com os profissionais", finaliza. O telefone da Unidade Básica de Saúde de Westfália é (51) 3762-4312.




Fonte: Prefeitura Municipal de Westfália-RS
PATROCINADORES
Sicredi
Metalúrgica Wagner
Wizard
Anuncie Aqui
Metalúrgica Metalarte
Wizard Teutônia
Digiserv
Futura Imóveis
Portal Atividade Rural 2020
contato@atividaderural.com.br | Fone: (51) 9135-4200